Vittório. 2 meses.

Aproveitando que hoje fiz um post sobre o batizado do pequeno Vittorio, filho da Adriane Galisteu, lembrei que aos dois meses de vida, o príncipe recebeu uma festa de rei. Pra ninguém, colocar nenhum defeito.




















Festa de rei mesmo.

fotos: Patrícia Andrade

Presente de nascimento.

O dilema na hora de presentear os novos residentes do mundo é sempre o mesmo: "não vou dar roupa, porque corre o risco de nem usar".

Uma ideia mais que útil é comprar produtos de higiene, fazer uma embalagem bem linda e incluir uns mimos de banheira (o clássico pato de borracha funciona!). Prático, barato, e extremamente útil.

http://4.bp.blogspot.com/_OyxUHLD8DOg/TOCNjyqJkOI/AAAAAAAAAm8/Euiaa5Jiv0g/s1600/gift+box+open.jpg

Toda mãe adora.

Festa do Pijama.

Não vejo a hora da Júlia crescer e levar as amiguinhas pra dormir em casa. Com certeza, organizarei uma Festa do Pijama pra eles, com muito doce, pipoca, filme, almofadas....

foto

foto

Quer lembrancinha mais criativa que essa?

foto


Batizado + casamento dos pais.

Acho muito bonito quando o filho tem um papel importante na cerimônia de casamento dos pais.
Assim foi a escolha de Adriane Galisteu, que recusou o uso de buquê, para entrar com o filho Vittório no colo. Chique.



E os detalhes da decoração:






Luxo para o príncipe Iódice.

via: ego

Festa de criança pra adulto.

Pode? Deve.
Essa professora ganhou uma festa com detalhes impecáveis. Bem infantil.

Bons sonhos.






Estilo: Little Marc Jacobs

Little Marc Jacobs Baby Gold Prewalker Shoes in a Bag

Little Marc Jacobs Red Wool Coat with Removable Trim
Little Marc Jacobs Black Jewelled Shoes

Little Marc Jacobs Grey Miss Marc Top

Little Marc Jacobs Boys Blue Linen Shirt (Sale 12yr, 14yr)

Dormir a noite é melhor para as crianças.

 Shutterstock

Até que ponto o sono do seu filho pode afetar o desenvolvimento dele? Uma pesquisa norte-americana mostrou que os bebês que dormem predominantemente durante a noite têm mais benefícios cognitivos do que aqueles que tiram sonecas durante o dia. Eles conseguem ter maior controle sobre seus impulsos, têm mais flexibilidade mental e trabalham melhor com a memória.

Pesquisadores da Universidade de Minnesota e da Universidade de Montreal analisaram a rotina de sono de 60 crianças entre 12 e 26 meses e, a partir de um diário feito pelas mães, mediram o total de horas de sono de cada criança, a porcentagem noturna destas horas (quantas eram dormidas entre 19h e 7h) e a fragmentação do sono (quantas vezes a criança acordava durante a noite).

Os testes aplicados nos bebês mostraram que quanto maior a proporção de horas dormidas à noite entre 12 e 18 meses, melhor o resultado em testes cognitivos feitos aos 26 meses, o que comprova a importância do sono nos primeiros anos de vida da criança e no processo de aprendizagem e desenvolvimento das habilidades sociais, motoras e psíquicas ao longo da vida.

"A criança que dorme bem à noite e tem um padrão de sono bem constituído tem menos problemas para acompanhar a turma na escola, se sociabiliza com mais facilidade e até consegue definir melhor o que quer e o que não quer", afirma Marcia Pradella, neuropediatra e coordenadora de pediatria do Instituto do Sono da Unifesp. Uma rotina de sono insuficiente, por outro lado, pode trazer dificuldades no controle do esfíncter, na coordenação motora e até no comportamento, já que a criança fica mais propensa à irritabilidade e agressividade.

É durante o sono que a criança (e o adulto também) organiza o que aprende quando está acordada, isso não é novidade. Mas por que é mais importante dormir durante a noite? Por ser mais estável e prolongado, o sono noturno permite que o cérebro trabalhe de maneira mais eficiente com as informações adquiridas durante o dia. "O período de sono é dividido em dois ciclos: não-REM e REM [que significa movimentos oculares rápidos em inglês]. O primeiro trabalha a memória mais antiga e a parte física, liberando hormônio de crescimento, por exemplo. Já segundo, trabalha a memória recente, ligada à novos aprendizados", explica Pradella.

Por isso, as sonecas diurnas trazem benefícios parciais, já que a criança não tem tempo de fazer o ciclo de sono completo – o que acontece mais de uma vez durante o sono da noite. Logo que nasce, o bebê demora aproximadamente uma hora para completá-lo, tempo que vai aumentando gradativamente, chegando a 90 minutos na adolescência. Como têm mais coisas a processar e o cérebro ainda está em pleno desenvolvimento, as crianças precisam dormir mais (em média, de 9 a 10 horas por dia). Para compensar, dormem também durante o dia.

A principal orientação dos especialistas é sempre privilegiar o sono noturno, complementando-o com períodos de sono diurno enquanto houver necessidade (geralmente até o 3º ou 4º ano de vida da criança). A rotina de sono, no entanto, começa a ser estabelecida entre 3 e 5 meses, momento em que os pais precisam introduzir horários e rituais ligados à hora de dormir. Vale lembrar ainda que ocupar o dia a dia do seu filho com atividades e brincadeiras durante o dia também contribui para que ele durma melhor.


Via: Revista Crescer
Por: Fernanda Carpegiani

Aidan está desenhando para viver.

Essa foi a ideia de Aindan, um menino de 5 anos com leucemia. Para pagar seu tratamento, ele vende no Etsy, desenhos seus que faz de monstros. No seu blog, você fica sabendo mais sobre sua história.

Publicado por: Follow the Colours

Via Design Porn.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...